Ir para o conteúdo principal

Bem-vindo ao

Together é um novo recurso para qualquer pessoa afetada pelo câncer pediátrico - pacientes e seus pais, familiares e amigos.

Saiba mais

Equipe de tratamento

Cada jornada contra o câncer é única. Cada paciente precisa ser atendido por uma equipe de especialistas: médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde, que forneçam tratamento e cuidados durante toda a doença, do diagnóstico ao tratamento, e muito mais. Os membros da equipe de tratamento podem mudar com o tempo à medida que os planos de tratamento e as necessidades do paciente mudam. Crianças que lutam contra o câncer podem ter todos esses especialistas, ou apenas alguns, como parte de sua equipe de tratamento.

Equipe de tratamento principal

A equipe de tratamento é liderada por um médico principal ou médico responsável. A equipe também inclui enfermeiros, profissionais de enfermagem ou assistentes médicos que ajudam a supervisionar o atendimento regular do paciente.

Oncologista vestido com avental de laboratório brinca com uma criança, jogando blocos de espuma grandes.

Os oncologistas pediátricos coordenam e direcionam o tratamento do câncer do seu filho, trabalhando em estreita colaboração com todos os membros da sua equipe de tratamento.

Oncologista pediátrico ou hematologista/oncologista pediátrico
Um oncologista pediátrico é um médico especializado no tratamento do câncer em crianças. Este especialista orienta e coordena o tratamento do câncer. Um hematologista-oncologista pediátrico é um médico especializado no tratamento de cânceres do sangue, como leucemia e linfoma. "Oncologista pediátrico" e "hematologista/oncologista pediátrico" são nomes frequentemente usados de forma intercambiável.

Médico assistente
O médico assistente (MA) é um profissional de saúde habilitado que trabalha sob a supervisão de um médico para planejar o tratamento, avaliar pacientes, prescrever medicamentos e planos de tratamento, e realizar determinados procedimentos.

Enfermeiro clínico
Um enfermeiro clínico (EC) é um enfermeiro registrado que tem formação e treinamento adicionais. O enfermeiro clínico trabalha em colaboração com o médico para planejar o tratamento, realizar exames físicos, administrar testes e prescrever tratamento.

Enfermeiro registrado
Um enfermeiro registrado (ER) é um profissional de saúde formado e licenciado que fornece uma ampla variedade de cuidados de enfermagem. As responsabilidades incluem o monitoramento de pacientes, a realização de avaliações, a administração de quimioterapia e outros medicamentos, a supervisão das necessidades diárias, e a orientação do paciente e da família.

Equipe de tratamento durante o diagnóstico e o tratamento

Há diferentes membros da equipe de tratamento que assistirão os pacientes com base no diagnóstico e nas necessidades de tratamento.

Alguns membros da equipe de tratamento se especializam em métodos de imagem usados durante o diagnóstico e o tratamento.

Radiologista e/ou radiologista intervencionista
Um radiologista é um médico especializado em diagnosticar doenças utilizando métodos de exame de imagens clínicas, como radiografias, tomografia computadorizada (TC), ressonância magnética (RM), tomografia por emissão de pósitrons (PET scan), exames de medicina nuclear e ultrassom.

Técnico de radiologia ou exames de imagem
Um técnico de radiologia (também chamado de técnico ou radiologista) é um profissional de saúde que usa raios X, TC, RM, PET scan, exames de medicina nuclear e ultrassom para criar imagens do corpo. Os técnicos de imagem muitas vezes estão entre os primeiros profissionais de saúde que os pacientes encontram durante a jornada do câncer.

Dependendo do tipo de câncer, a equipe de tratamento pode incluir profissionais de saúde especializados em determinadas terapias anticâncer, como quimioterapia ou radioterapia.

Médico oncologista
Um médico oncologista é um médico que usa medicações como quimioterapia, imunoterapia e terapia direcionada no tratamento do câncer. Esse profissional também pode atuar como o médico principal da criança (hematologista-oncologista pediátrico).

Rádio-oncologista
Rádio-oncologista é um médico que trata o câncer com radiação de alta energia que pode reduzir tumores e matar células cancerosas durante o curso do tratamento.

Farmacêutico clínico
O farmacêutico é um profissional de saúde que prepara e distribui medicamentos. Os farmacêuticos também orientam os pacientes e as famílias sobre o uso adequado e os efeitos colaterais das drogas prescritas. Eles trabalham em estreita colaboração com a equipe de tratamento para determinar as doses de medicamentos e ajudar a acompanhar a medicação.

Especialista em doenças infecciosas
Os especialistas em doenças infecciosas (DI) são médicos com experiência na prevenção, diagnóstico e tratamento de infecções que podem ocorrer em crianças em tratamento anticâncer. Geralmente, esses especialistas são procurados para ajudar quando os pacientes têm febres inexplicáveis ou outros sintomas, ou se uma infecção grave for encontrada. Eles podem fazer perguntas incomuns sobre animais de estimação, viagens e hobbies para obter pistas sobre a causa de uma doença e fornecer conselhos sobre os melhores exames e tratamentos para possíveis infecções.

Três membros da equipe cirúrgica realizando cirurgia na sala de cirurgia.

Médicos especializados em cirurgia de câncer são chamados de oncologistas cirúrgicos.

Se uma cirurgia for necessária para o diagnóstico ou tratamento, diversos especialistas farão parte da equipe de tratamento.

Oncologista cirúrgico
O oncologista cirúrgico é o médico que realiza operações ou procedimentos para diagnosticar e tratar o câncer.

Especialista cirúrgico
Os médicos podem se especializar em tipos específicos de cirurgia. Por exemplo, um neurocirurgião realiza operações no sistema nervoso, incluindo o cérebro e a coluna vertebral. Um cirurgião ortopédico é especializado em cirurgias do sistema músculo-esquelético, incluindo ossos, articulações e músculos.

Anestesista
O anestesista é um médico que administra medicamentos que evitam ou aliviam a dor e monitora os pacientes durante a cirurgia ou outros procedimentos. Os anestesiologistas disponibilizam anestesia local ou de uma região para anestesiar ou para interromper a dor em áreas específicas do corpo ou anestesia geral que causa uma perda temporária de consciência.

Enfermeiro anestesista
Um enfermeiro anestesista certificado (EAC) é um enfermeiro registrado com treinamento avançado na prática de anestesia. As responsabilidades incluem preparar os pacientes para anestesia, administrar medicamentos de anestesia e monitorar os pacientes durante os procedimentos.

Patologista
Um patologista é um médico especializado no diagnóstico da doença através de exame do tecido e células sob um microscópio, e da realização de outras análises. Após uma biópsia, o patologista ajuda a determinar se um tumor é maligno e, em caso afirmativo, de que tipo de câncer se trata. A maioria dos pacientes nunca conhece seus patologistas, mas esses médicos desempenham um papel importante no diagnóstico e tratamento. O patologista é auxiliado por técnicos de laboratório.

Suporte físico

Dependendo do tipo de câncer e das necessidades de tratamento, vários outros profissionais de saúde podem fazer parte da equipe de tratamento para auxiliar os pacientes em diferentes aspectos de avaliação, recuperação e adaptação ao cotidiano.

Especialista em reabilitação — Projeta e implementa práticas de cuidados para ajudar em áreas como movimento e função física, tarefas de vida diária, audição, fala, comunicação e funcionamento na escola e no trabalho. Inclui as especialidades de fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, audiologia e aprendizagem.

Nutricionista clínico — Oferece cuidado nutricional abrangente, fornecendo orientação para hábitos alimentares saudáveis, dietas especiais e terapias para os pacientes.

Médico de cuidados paliativos — Fornece intervenções destinadas a melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Cuida de sintomas como dor, ansiedade ou perda de apetite, pois os pacientes passam por tratamentos ou procedimentos médicos difíceis, como cirurgia ou quimioterapia.

Prestador de cuidados paliativos — Fornece alívio de sintomas e dor para melhorar a qualidade de vida durante o tratamento.

Outros especialistas da equipe de tratamento

Dependendo das necessidades do paciente, outros profissionais de saúde podem fazer parte da equipe de tratamento para auxiliar em diferentes aspectos do tratamento e da recuperação. Alguns profissionais de saúde podem representar áreas ou disciplinas específicas, como neurologia, psiquiatria, endocrinologia, cardiologia, dermatologia, urologia, ginecologia, oftalmologia e odontologia.

Capelão
O capelão é um especialista em cuidados espirituais que apoia pacientes e famílias com necessidades religiosas, espirituais e emocionais trazidas pela doença ou outras circunstâncias.

Especialista em vida infantil
Um especialista em vida infantil é um profissional de saúde que tem treinamento em desenvolvimento infantil. A vida infantil usa atividades lúdicas, arte e outras ações para ajudar as crianças a lidar com o câncer e prepará-las para tratamentos e procedimentos, usando os métodos adequados para cada idade e cada criança.

Nutricionista clínico
Um nutricionista clínico ou nutricionista registrado (NC ou NR) é um profissional de nutrição que oferece cuidados nutricionais abrangentes, incluindo orientação para hábitos alimentares saudáveis, dietas especiais e terapias de nutrição clínica para os pacientes.

Especialista em fertilidade
Um especialista em fertilidade, muitas vezes médico ou enfermeiro clínico, pode ajudar pacientes com necessidades de saúde reprodutiva. No câncer infantil, certos tratamentos podem afetar a capacidade de um paciente de ter filhos no futuro. Os especialistas em fertilidade podem ajudar as famílias a entender os riscos e as possíveis opções para preservar a fertilidade.

Orientador geneticista
Um orientador geneticista é um profissional de saúde com treinamento em genética médica e aconselhamento. Os orientadores geneticistas interpretam os resultados de exames genéticos, avaliam o risco de uma condição médica herdada e fornecem orientação para ajudar as famílias a entender as doenças hereditárias.

Prestador de cuidados paliativos
Um prestador de cuidados paliativos oferece cuidado solidário para controlar sintomas e melhorar a qualidade de vida em caso de doença avançada, quando não há cura disponível. O atendimento pode ser fornecido em uma variedade de ambientes, incluindo serviços hospitalares e de home-care.

Especialistas em ortética e protética
Um especialista em ortética é um médico que ajuda os pacientes com o projeto e o ajuste de aparelhos ortopédicos (órteses) para pacientes com necessidades de reabilitação física. Um especialista protético proporciona atendimento ao paciente relacionado a membros artificiais personalizados (próteses).

Especialista em controle da dor
A equipe de controle da dor, liderada por um médico com treinamento avançado em dor, é especializada na avaliação e tratamento da dor com medicamentos ou técnicas que não envolvem medicação.

Especialista em cuidados paliativos
Um especialista em cuidados paliativos, muitas vezes médico ou enfermeiro clínico, é treinado para atender às necessidades de pacientes com doenças graves. O cuidado paliativo fornece cuidados de apoio para reduzir o sofrimento e melhorar a qualidade de vida. Esses especialistas ajudam os pacientes a tratar a dor e os sintomas físicos, bem como proporcionam outra camada de suporte para toda a família. A equipe de cuidados paliativos pode incluir outros profissionais de saúde para atender às necessidades físicas, emocionais, sociais e espirituais.

Psicólogo
Um psicólogo é um especialista em saúde mental que ajuda pacientes e famílias a lidar com preocupações emocionais, comportamentais, sociais e cognitivas. Os psicólogos fornecem diversos recursos de saúde mental, incluindo avaliação psicológica, aconselhamento, intervenções comportamentais e controle de estresse ou dor.

Especialista em reabilitação
Especialistas em reabilitação avaliam a função e as habilidades, e planejam terapias para promover a independência e a qualidade de vida. Eles se concentram em áreas como movimento e função física, tarefas de vida diária, audição, fala, comunicação e funcionamento na escola e no trabalho. Os membros da equipe de tratamento especializados em reabilitação incluem fisioterapeutas (FT), terapeutas ocupacionais (TO), fonoaudiólogos (FA), audiologistas (AUD) e especialistas em aprendizagem. 

Assistente social
Um assistente social é um profissional de saúde que ajuda as famílias com preocupações práticas, sociais e emocionais. Os trabalhadores sociais fornecem aconselhamento e apoio para diferentes aspectos da jornada do câncer. Eles também podem ajudar as famílias a identificar recursos de apoio para uma série de desafios, como educação familiar, preocupações financeiras e moradia.

Outros membros da equipe de tratamento

Outros profissionais de saúde podem fazer parte da equipe de tratamento em vários momentos durante o tratamento. Isso inclui médicos e estudantes de medicina concluindo o treinamento, representantes que ajudam as famílias a navegar no tratamento do câncer e outros profissionais cujo trabalho é fornecer cuidados e melhorar a experiência para pacientes e famílias.

Estudante de medicina
Um estudante de medicina está em treinamento para se tornar um médico. Os alunos de medicina passam por várias disciplinas como parte da conclusão do terceiro e quarto anos da escola de medicina.

Médico residente
O médico residente é um médico que se formou em medicina e está em um programa de aprendizado especializado em uma área de medicina, como a pediatria. Um residente trabalha sob a supervisão de um médico responsável.

Fellow de oncologia
Um fellow é um médico que terminou a residência e procura mais treinamento em uma área da especialidade. Os fellows recebem treinamento clínico e de pesquisa em um hospital como parte de um programa de vários anos para obter certificação e expertise em uma especialidade, como a oncologia médica.

Enfermeiro clínico licenciado
Um enfermeiro clínico licenciado (ECL) cuida das necessidades práticas dos pacientes. Esses enfermeiros proporcionam atividades diárias de cuidados e tarefas de enfermagem qualificadas para pacientes à beira do leito ou em clínicas onde os tratamentos ocorrem.

Assistente de enfermagem/Assistente de cuidados do paciente/Assistente de cuidados médicos
Os assistentes de cuidados trabalham sob a supervisão de um ER ou ECL para fornecer funções básicas de atendimento diário aos pacientes.

Especialista em enfermagem clínica de oncologia
Os especialistas em enfermagem clínica são enfermeiros registrados com treinamento avançado em uma área de especialidade, como a oncologia (EECO). Eles atuam como um especialista clínico e consultor para a equipe de enfermagem em questões complexas do paciente e se concentram em melhorar a eficiência e o acesso ao atendimento.

Advogado do paciente
Os advogados do paciente assistem as famílias se houver uma queixa ou preocupação sobre o cuidado que estão recebendo e não se sentirem confortáveis em falar com sua equipe clínica. Os advogados também podem assistir as famílias durante o processo de estudo clínico respondendo perguntas, garantindo que as informações sejam claras e protegendo os direitos dos pacientes.

Representante do paciente/Escrevente de registro/Representante de negócios do paciente
Representantes de pacientes ou escreventes de registro auxiliam os pacientes com uma série de necessidades administrativas. Eles registram os pacientes na chegada, verificam os benefícios e a cobertura de seguro, e respondem a perguntas sobre as políticas do hospital e os procedimentos de cobrança.

Como se comunicar com sua equipe de tratamento

O tratamento do câncer é complexo e é importante ter uma boa comunicação entre os membros da equipe de tratamento, os pacientes e as famílias. Para melhorar ao máximo essa comunicação:

  • Seja honesto e aberto
  • Faça perguntas quando não entender. Anote suas perguntas para não se esquecer.
  • Tome notas e mantenha bons registros de informações médicas, incluindo exames, tratamentos, medicamentos e consultas.
  • Anote os nomes dos membros da sua equipe de tratamento, o que eles fazem e como entrar em contato com eles.
  • Envolva as crianças na comunicação de forma adequada à idade. Esse envolvimento ajuda a construir bons relacionamentos com a equipe de cuidados e dá às crianças uma ideia de controle.

Também é importante ter:

  • Expectativas razoáveis de si mesmo. Este é um momento estressante. Não espere entender nem lembrar de tudo. Peça ajuda e use os diferentes recursos disponíveis.
  • Expectativas razoáveis de sua equipe de tratamento. Seus médicos e enfermeiros nem sempre terão as respostas. Muitas vezes, as decisões não são simples. E, ter uma equipe, embora importante, às vezes pode tornar a comunicação mais complicada.


Revisado: Junho de 2018