Ir para o conteúdo principal

Bem-vindo ao

Together é um novo recurso para qualquer pessoa afetada pelo câncer pediátrico - pacientes e seus pais, familiares e amigos.

Saiba mais

O que levar para o hospital

O que devemos levar para o hospital?

Fazer uma mala pode ser a última coisa em sua mente quando você descobre que seu filho pode ter câncer. Mas saber o que levar para o hospital pode proporcionar conforto para seu filho e tranquilidade para vocês como pais. Você pode querer deixar seu filho começar, empacotando as coisas mais importantes para ele, e empacotar o restante da lista você mesmo.

Quando seu filho tem câncer, fazer as malas para uma internação pode parecer esmagador. A foto mostra a mão de um funcionário na internação colocando uma braçadeira em um paciente com câncer infantil.

Quando seu filho tem câncer, fazer as malas para uma internação pode parecer esmagador. Use essas informações como uma lista de tarefas para ajudar você a saber o que levar.

  • Roupas para você e seu filho. Deve ser suficiente para durar de 7 a 10 dias. Certifique-se de que sejam apropriadas para o clima. Você pode visitar www.weather.gov para verificar a previsão do tempo.
  • Medicamentos prescritos que seu filho está tomando no momento, incluindo artigos extras em caso de estadia prolongada  
  • Itens de conforto, como um cobertor ou brinquedos (os quartos de internação geralmente exigem que eles sejam de superfície lisa e fáceis de lavar)
  • Roupão e chinelos
  • Artigos de higiene pessoal – escova e pasta de dentes
  • Fotografias de familiares, amigos e animais de estimação para ajudar seu filho em caso de saudades de casa
  • Trabalhos escolares, se for o caso
  • Papel e lápis. Um notebook próprio para isso pode ser especialmente útil para acompanhar várias conversas com médicos, enfermeiros e assistentes sociais.
Considere trazer itens de conforto, como cobertores ou brinquedos.

Considere trazer itens de conforto, como cobertores ou brinquedos.

Documentos importantes para trazer

  • Identificação com foto para os pais – como carteira de motorista, passaporte ou outra identidade oficial
  • Uma cópia autenticada da certidão de nascimento do seu filho
  • Números da Previdência Social – tanto do paciente quanto dos pais ou responsáveis
  • Cópias de quaisquer documentos de custódia ou divórcio (incluindo ordens judiciais e planos de paternidade), documentos de tutela e documentos de procuração para verificar quem pode assinar os exames e tratamentos médicos do seu filho
  • Cópias de diretivas antecipadas – para pacientes com 18 anos ou mais, como testamentos em vida ou procurações duradouras para cuidados de saúde
Pode ser útil trazer cópias de documentos importantes, como a certidão de nascimento do seu filho, números da Previdência Social do paciente e dos pais ou responsáveis, documentos do seguro, cópias de quaisquer documentos de custódia e outros documentos legais relacionados à saúde do paciente. Esta foto mostra um pai e filho andando por um corredor de hospital.

Pode ser útil trazer cópias de documentos importantes, como a certidão de nascimento do seu filho, números da Previdência Social do paciente e dos pais ou responsáveis, documentos do seguro, cópias de quaisquer documentos de custódia e outros documentos legais relacionados à saúde do paciente.

Informações importantes para trazer

Você também deve anotar e ter as seguintes informações à mão:

  • Uma lista de medicamentos com receita que seu filho está tomando atualmente
  • Informações do empregador para o(s) pai(s), responsável(is) ou paciente, se aplicável
  • Informações de contato de emergência – incluindo nome, endereço e números de telefone
  • Informações do seguro – incluindo quaisquer cartões de seguro médico, farmacêutico ou odontológico
  • Informações do médico da família – incluindo nome, endereço, telefone, fax e endereço de e-mail
  • Informações do médico da atenção primária – para a criança, incluindo nome, endereço, telefone, fax e endereço de e-mail. Certifique-se de que este é o mesmo médico que sua companhia de seguros lista como médico de cuidados primários de seu filho.

Preparação em casa 

Na pressa de se concentrar em dar ao seu filho os cuidados que ele precisa, é importante não esquecer de cuidar das coisas em casa. Eles incluem:

  • Tome providências para outros filhos (como refeições, deixar e pegar na escola)
  • Tomar providências para animais de estimação (como alimentação ou caminhada dos cães)
  • Tomar providências para quaisquer serviços domésticos (como limpeza ou cuidados do quintal)
  • Suspender a entrega dos correios ou pedir a um vizinho que pegue a correspondência para você

Perguntas a serem feitas

Será necessário pernoite?

Você deve vir preparado para ficar, mesmo que não seja necessário. Se o seu filho for submetido a uma operação ou procedimento envolvendo anestesia, pode ser solicitado que você fique durante a noite.

Onde vamos ficar?

As opções de pernoite variam dependendo de onde seu filho está procurando tratamento. A equipe do hospital, incluindo assistentes sociais, deve poder ajudá-lo a encontrar um alojamento próximo à unidade de tratamento.

Alguns hospitais e instalações têm opções de alojamento de curto prazo disponíveis para famílias no local. As hospedagens geralmente são baseadas na duração da estadia, necessidades médicas e disponibilidade. Algumas comunidades têm opções como a Casa Ronald McDonald que fornece refeições, quartos privativos e salas de jogos para crianças e famílias a um custo baixo ou zero por até três meses. Para estadias superiores a 90 dias, sua família vai querer procurar hospedagem em estilo de apartamento.

Onde vamos comer?

A maioria das instalações de tratamento tem lanchonetes para pacientes, famílias e funcionários. Se a sua unidade de tratamento tiver opções de alojamento temporário, eles podem oferecer refeições no local ou fornecer vales-refeição ou compras que podem ser usados por pacientes e familiares em refeitórios hospitalares, cafés e outros locais aprovados.

Cada instalação de tratamento é diferente. Entre em contato com um assistente social em sua unidade de tratamento se tiver dúvidas sobre necessidades de moradia, refeições ou custos.

Que recursos estão disponíveis para as famílias?

Um assistente social ou gestor de caso pode ajudar a identificar recursos com base nas necessidades exclusivas de sua família.

O que não trazer

  • Armas de fogo ou outras armas
  • Muitos acompanhantes. Embora você possa querer ter alguns amigos e familiares para fornecer apoio, pessoas demais podem dificultar o foco em exames e consultas com sua equipe de tratamento.


Revisado em junho de 2018